Abrir uma franquia ou negócio independente? Tudo que você precisa saber para tomar a melhor decisão

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 19 de dezembro de 2017  |  Atualizado em 10 de janeiro de 2018

abrir uma franquia

Abrir uma franquia ou negócio independente é, com certeza, a principal dúvida que paira na cabeça das pessoas quando o assunto é empreendedorismo.

Seja você um empreendedor de oportunidade, que esteja em busca de uma nova oportunidade de trabalho, ou um empreendedor por opção, aquele que sonha em ter seu próprio negócio, fato é que avaliar bem as possibilidades é fundamental para uma boa escolha.

O alto custo de vida no Brasil está fazendo com que aumente o número de pessoas que pensam em deixar de ser empregado para comandar um negócio independente ou abrir uma franquia.

Se você também está pensando nessa possibilidade, mas é empreendedor de primeira viagem e, está com dúvida se abre uma franquia ou um negócio independente, iremos agora esclarecer alguns pontos para você.

Quão empreendedor(a) você é?

quão empreendedor você é

Em primeiro lugar, é fundamental levar em conta o seu perfil. Apesar de reduzir os riscos de erro no negócio, abrir uma franquia te proporciona menos liberdade.

Se você possui um perfil mais dinâmico, que gosta de modificar o negócio várias vezes, experimentar coisas novas, talvez seja melhor correr o risco de investir em um negócio próprio, já que a franquia te deixará mais engessado para seguir o modelo da rede.

Por outro lado, se você prefere algo que te dê mais segurança, a franquia te dará o know-how para um salto nessa primeira fase da consolidação de um negócio.

Abrir uma franquia vs. abrir um negócio independente: avaliando riscos e oportunidades

No negócio independente você tem mais liberdade em troca de um risco maior. Nesse ponto é você quem deve avaliar em qual modelo se encaixa melhor.

O baixo investimento em marketing e publicidade também é um atrativo em uma franquia, pois normalmente a marca já possui um nome no mercado e o custo da publicidade é dividido entre todos os franqueados, reduzindo os gastos.

Abrir uma franquia, como já sabemos, reduz muito os riscos de insucesso com o negócio. Por outro lado, se você realmente tem uma ideia original, diferente e que supre uma necessidade do mercado, vale a pena investir, uma vez que o lucro será todo seu e a possibilidade de expandir o negócio é maior.

Na franquia você terá que pagar algumas taxas para o franqueador, como forma de remunerá-lo pela transferência do know-how, oferecido através de Manuais e treinamentos, e uso da marca.

Dicas para abrir uma franquia

dicas para abrir uma franquia

Para abrir uma franquia estando 100% seguro de estar fazendo a coisa certa, tanto na opção pelo modelo de negócio, quanto na escolha por marca A ou B, é importante estar atento a alguns fatores, dentre eles podemos destacar:

Abrir uma franquia: pesquisar muito é fundamental

Antes de escolher entre franquia ou negócio por conta própria, é preciso pesquisar muito sobre o setor no qual pretende investir: público-alvo, mercado atual, projeção para os próximos anos e etc., para que você não entre em um barco furado.

Além das análises econômicas, é necessário que você faça uma autoanálise para descobrir se o ramo escolhido tem a ver com sua vida profissional, experiência e expectativas.

Converse com a família, amigos mais próximos e saia a campo, conversando com empresários que já tenham know-how na área pretendida.

Abrir uma franquia de sucesso exige boa avaliação do momento econômico

Após 3 longos anos de forte recessão, nosso país finalmente começa a dar sinais de melhora. Inflação e juros controlados, projeções de PIB positivo para os próximos anos e retomada do crescimento de importantes setores econômicos, como o agrícola. Estes são, sem dúvida, indicativos que encorajam os empreendedores.

Contudo, vale ficar atento ao setor que se pretende investir. Investigue se o setor está em alta e quais são as perspectivas de crescimento desse setor para os próximos anos. Tendências de consumo são sempre um fator de extrema importância em se tratando de negócios.

Transparência: o requisito fundamental na hora de abrir a sua franquia

transparência: o requisito fundamental na hora de abrir a sua franquia

Se a opção for por abrir uma franquia, é importante que você, enquanto candidato e também como franqueado exija total transparência da franqueadora.

Ela deverá passar tados as informações pertinentes ao processo de concessão da franquia. A Lei 8.955/94, lei das franquias, estabelece que o franqueador deve apresentar todos os seus dados, com histórico, situação financeira da franqueadora com os dois últimos balanços, demonstrações contábeis, além de relação de franqueados e ex-franqueados.

Agora, caso você decida ter um negócio independente, essas questões vão ser descobertas ao longo do caminho, sem segurança e previsão de gastos.

Gestão do negócio

Outro ponto a favor da franquia é a gestão do seu negócio: o empresário recebe todo o suporte necessário para gerir a unidade, com o manual da franquia e consultores especializados trazendo tranquilidade, mesmo para quem nunca empreendeu ou dirigiu uma equipe própria.

Quais são as vantagens de optar por abrir uma franquia

Abrir um novo negócio é um passo na vida que exige muito cuidado e planejamento, mas, ao mesmo tempo, pode significar uma grande mudança de vida.

Por isso, as decisões e escolhas que o cercam são fundamentais para que esse sonho se realize e seja bem sucedido.

Uma das principais dúvidas iniciais de quem está planejando abrir um negócio, é se é melhor investir em uma loja própria ou em uma franquia.

Para auxiliar nesse ponto, selecionamos para você algumas das vantagens em abrir uma franquia.

Maior segurança

Ao escolher investir em uma rede de franquias já consolidada no mercado, você pula algumas etapas da consolidação do modelo de negócio, uma vez que a marca já foi testada e já tem um público fiel.

Ao optar por um negócio próprio, você precisará passar por essa fase de aprovação dos clientes até se tornar conhecido e cativar um público, levando mais tempo para receber o retorno financeiro esperado e correndo mais risco de não ser bem sucedido e acabar fechando as portas.

Confiança 

Começar um novo negócio do zero exige a realização de um amplo estudo do mercado, identificação do público-alvo, busca por fornecedores e criação de métodos de trabalho, o que pode ser um pouco arriscado.

Para quem já tem bastante experiência no meio, às vezes é uma boa opção, mas se você está insatisfeito com o trabalho, quer montar seu próprio negócio, mas ainda tem muitas dúvidas e insegurança em relação a gestão de um novo negócio, a franquia poderá te passar mais confiança e te dar o suporte que você precisa.

Abrir uma franquia: maior poder de negociação… 

abrir uma franquia maior poder de negociação

Ao optar por abrir uma franquia, você passa a fazer parte de uma rede, aumentando seu poder de negociação junto aos principais fornecedores.

Dessa forma, é mais fácil negociar prazos de entrega e formas de pagamento que sejam mais confortáveis para a rotina do seu negócio.

Além disso, fazer parte de uma rede permite uma grande troca de experiências e maior presença da marca no mercado.

Know-how e material de apoio

Uma das grandes vantagens em abrir uma franquia de uma marca consolidada é o aprendizado que você receberá do franqueador.

A rede irá te passar todo o know-how da marca, apostilas de modelo de negócio e treinamentos para que você tenha a capacidade de gerir sua loja mantendo a qualidade e as características da marca.

Economia de escala

Ao fazer parte de uma grande rede, você também consegue economizar em algumas partes do processo.

Como as redes costumam estruturar as compras necessárias em conjunto com todas as unidades, os preços ficam menores por conta do volume de compra.

Além de reduzir os preços pagos ou ratear as despesas, como os custos de propaganda.

Abrir uma franquia: apoio e assistência

Principalmente para os empreendedores iniciantes, o apoio e assistência contínuos oferecidos pelo franqueador são muito importantes para o sucesso do negócio.

O negócio é 100% seu assim como no negócio independente

Se você pensa que, ao abrir uma franquia, não será dono de 100% do negócio e/ou que terá liberdade para cuidar do seu negócio, porque estará subordinado à franqueadora. Saiba que não é assim!

Assim como em um negócio independente, o negócio é 100% seu e caberá a você, enquanto franqueado cuidar da sua unidade e equipe, buscando sempre o melhor atendimento e relação com os clientes.

Franquia: um modelo de negócios testado e aprovado

Ao abrir uma unidade franqueada, você estará trabalhando com um produto e serviço que foi cuidadosamente desenvolvido, passou por testes e caiu no gosto do consumidor.

Já ao trabalhar com um negócio independente, você terá que por à prova seu produto ou serviço e terá um gasto considerável, sem saber ao certo se terá o retorno.

Conclusão

Vimos no artigo que abrir uma franquia é muitas vezes a melhor opção visto os inúmeros benefícios que este modelo de negócio é capaz de proporcionar.

Contudo, mesmo diante dos benefícios, a decisão final sobre qual modelo optar é exclusiva do empreendedor e deve ser pautada em aspectos como os que abordamos no artigo.

Seja qual for o modelo escolhido, a receita do sucesso é sempre a mesma: trabalho duro e “barriga no balcão”, afinal, o único lugar que sucesso vem antes de trabalho é no dicionário.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade