Como montar uma franquia em apenas 4 etapas e gastando pouco

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 20 de setembro de 2018  |  Atualizado em 20 de setembro de 2018

como montar uma franquia em apenas 4 etapas e gastando pouco

Como montar uma franquia: conheça, em detalhes, dicas sobre como atuar nas 4 principais etapas de montagem deste tipo de negócio. As recomendações vão desde a tomada de decisão, até a direção do negócio. Confira!

O mercado de franquias é um dos mais promissores e com menor nível de risco para se empreender. De acordo com expectativas divulgadas pela Associação Brasileira do Franchising (ABF), é esperado um crescimento do mercado neste ano entre 8,5% e 10%.

A estimativa sobre a abertura de lojas franqueadas também deve acompanhar este ritmo e variar entre 2,5% e 3%, impulsionado pela abertura de novos shoppings e aumento de lojas de rua, especialmente em cidades do interior.

Em um país repleto de oportunidades como o Brasil, com diversas demandas ainda não atendidas e muitas pessoas com espírito empreendedor motivadas a mudarem de vida, entender o mercado de franquias e aprender os principais passos e dificuldades mais comuns de novos franqueados pode fazer toda a diferença e tornar você um empreendedor de sucesso.

Neste artigo você descobrirá como montar uma franquia pode ser seu passaporte para a independência profissional, aprenderá os primeiros passos para abertura de uma franquia e a como administrá-la economizando recursos e evitando desperdícios. Boa leitura!

Como montar uma franquia em 4 etapas

1. A tomada de decisão sobre quando é hora de empreender

a tomada de decisão sobre quando é hora de empreender

Um levantamento anual realizado pelo Consórcio Global Entrepreneurship Monitor (GEM), que estuda o perfil da atividade empreendedora do mundo, constatou que o povo brasileiro é um dos mais empreendedores do mundo.

O desempenho de 2018 ainda não foi divulgado, mas, de acordo com o último levantamento feito em 2017, foram coletadas amostras com mais de 197 mil entrevistados entre 18 e 64 anos, além de mais de 3 mil especialistas de 70 nações diferentes.

A pesquisa, uma das maiores referências sobre iniciativas empreendedoras, apontou que o Brasil atingiu 71% no índice de empreendedores iniciais por oportunidade, ficando à frente de países como Índia, Rússia e China.

Diante disto, é possível perceber que o oportunismo é um dos principais motivadores e geradores de ideias inovadoras. Se você vem percebendo uma boa oportunidade, não deixe sua ideia escapar.

A hora de empreender e o caminho para a mudança do seu rumo profissional, até se tornar dono do seu próprio negócio, pode ser desenvolvido de diversas formas, mas certamente passará pelas seguintes etapas:

  • Identificação pessoal pela independência profissional;
  • Curiosidade e identificação com segmentos e nichos de negócios;
  • Descoberta de uma oportunidade como motivação empreendedora.

Cada uma destas fases possui seus desafios particulares e são os primeiros passos para quem deseja abrir seu próprio negócio. Saiba mais sobre cada uma delas e entenda como elas te ajudarão em seu empreendimento profissional.

Identificação pessoal pela independência profissional

Um forte sinal de que é hora de empreender e um sinal de que deve iniciar seus primeiros passos é quando você percebe que a forma como trabalha atualmente não lhe rende mais satisfação.

Há pessoas que realmente não se adaptam bem ao modelo de trabalho como assalariado. Quando a vontade de ser independente e desenvolver modos de trabalho distintos, diretamente relacionados às suas habilidades e competências, é capaz de te motivar mais do que a rotina de ir para a empresa, bater seu ponto e cumprir suas obrigações diárias, isto significa que está chegando a hora de mudar o rumo da sua carreira.

Curiosidade e identificação com segmentos e nichos de negócios

Após esta primeira descoberta, apenas ter a certeza de que precisa mudar o rumo da sua vida não é o suficiente. Para inovar verdadeiramente em sua vida profissional, é preciso saber bem qual caminho se pretende seguir.

Empreendedores, além da força de vontade, também precisam ter foco, mantendo seus pensamentos claros e direcionados. Uma das formas de aprimorar seu plano de mudança profissional é dar voz à sua curiosidade.

Uma pessoa motivada e curiosa sempre pesquisa e descobre caminhos. Una sua curiosidade com a descoberta de um nicho de mercado com o qual possui identificação e comece a estudar como pode empreender de forma segura.

Descoberta de uma oportunidade como motivação empreendedora

Já descobriu seu perfil e encontrou um segmento com o qual se identifica? Excelente, então a próxima etapa envolverá encontrar sua grande oportunidade de crescer profissionalmente empreendendo.

O oportunismo positivo, que ocorre quando você se depara com uma boa ideia, uma chance de investimento ou descoberta de um mercado promissor, é um grande aliado de pessoas com perfis empreendedores.

Em muitos casos, a oportunidade é a principal incentivadora de mudanças de rumos profissionais. Como indicado no levantamento do GEM, o Brasil se destaca tendo 71% dos empreendedores iniciais a partir da descoberta de oportunidades, seguido pela África do Sul, com 70%. A Rússia e a Índia também aparecem no ranking e possuem respectivamente, 66% e 61%.

Embora estejamos demonstrando uma espécie de passo a passo, cada uma destas etapas pode variar de ordem. A descoberta de uma oportunidade de negócio, seja através de um produto ou serviço ainda pouco explorado ou um modelo de negócios, como uma franquia, em um mercado promissor, pode ser a primeira fonte de motivação para se tornar independente profissionalmente.

Não há uma regra para a descoberta do momento certo de empreender, mas seja qual for o caminho encontrado por você, estas três etapas provavelmente farão parte e aprender a lidar com elas será um desafio que, após conquistado, permitirá seguir em frente com segurança.

2. Porque montar uma franquia?

porque abrir uma franquia?

Quando a vontade de mudar o rumo da própria vida profissional é muito grande, após confirmar se realmente possui perfil empreendedor, criar coragem e superar os primeiros desafios para empreender, a decisão de abrir seu próprio negócio estará próxima de se tornar realidade.

Uma das formas de fazer isto com segurança é procurando uma franquia que se enquadre no seu perfil, seja de um segmento promissor ou um negócio com o qual você se identifica, domina ou possua muita curiosidade para desenvolver ideias e se dedicar.

Este sistema de negócios permite a independência financeira contando com a ajuda, experiência e suporte do franqueador em todas as etapas, uma opção ideal para empreendedores de primeira viagem. Dentre as principais vantagens de como montar uma franquia estão:

  • Modelo de estrutura já testado e bem-sucedido;
  • Marca já reconhecida e aprovada por clientes;
  • Treinamento e suporte periódicos oferecidos pelo franqueador;
  • Diversidade de opções de investimento de acordo com perfil do negócio;
  • Ajuda para negociações de pontos, aquisições de materiais, entre outros.

Decidi abrir minha franquia. E agora, como faço para economizar e manter meus lucros?

O segredo para economizar durante a operação da sua franquia é permanecer bem atento a cada uma das fases da administração. Embora o franqueador ofereça diversas diretrizes, relatórios estratégicos, treinamentos e manuais de operação, a gestão é responsabilidade do franqueado.

Adequar as principais regras da administração e pensar sempre no impacto financeiro de cada uma das ações de gerência é o melhor caminho para otimizar o uso dos seus investimentos e do capital da sua empresa.

Confira a seguir, as principais etapas de administração de uma franquia e saiba como implantar ações que impactarão positivamente no seu orçamento.

3. Planejamento do seu investimento

Planejamento do seu investimento

Todo negócio precisa de planejamento prévio, e com o Franchising não é diferente. É costume de muitos empreendedores filtrarem a escolha da sua franquia, primeiro pelo segmento e, depois, se baseando no valor do investimento inicial.

Embora este seja um critério que pode ser usado, é recomendado cuidado com escolhas baseadas apenas neste número, pois a abertura de uma franquia envolve outros custos iniciais.

Dentre eles podemos citar a taxa de franquia, despesas com locação de espaço, pagamento de luva, aquisição de matérias primas, formação de estoque e custos com materiais e reformas, por exemplo.

Escolhas inteligentes farão com que você consiga gastar o mínimo possível, investindo seguramente. Para economizar e evitar o desperdício de recursos na fase de planejamento, tenha cuidados como:

  • Estude bem o mercado, investindo no conhecimento do ramo e as formas de atuação;
  • Não aplique todas as suas economias no investimento inicial. Guarde parte para emergências dos primeiros meses;
  • Procure um franqueador realmente experiente, pois embora todo o modelo de franquia sugira o conhecimento prévio do franqueador, há algumas que se destacam pela credibilidade, certificações e prêmios de desempenho. Priorize-as.

Organização para evitar descontrole

Avançando alguns passos, com o negócio já aberto, será preciso conhecer as etapas e processos envolvidos, mantendo a organização em todas as etapas. O franqueado deve assumir a responsabilidade do controle, ficando atento e evitando desperdícios.

Algumas medidas de organização que evitam o surgimento de ralos financeiros e geram economias significativas são:

  • Conhecimento pleno das etapas e processos envolvidos;
  • Manutenção do seu estoque atualizado e organizado;
  • Guarda adequada de documentos contábeis;
  • Utilização regular de notas fiscais para facilitar a documentação de entradas e saídas;
  • Uso de documentos em suas versões digitais para evitar desperdícios e facilitar localização.

4. Dirigir seu negócio

dirigir seu negócio

A direção adequada do seu negócio também permite diferentes formas de economia, além de evitar gastos expressivos dos recursos da sua franquia.

Uma direção responsável e sustentável ajudará a evitar e superar dificuldades financeiras, caso estas ocorram.

Algumas medidas da direção que ajudam a gastar menos na hora de planejar como montar uma franquia estão:

  • Evitar dívidas financiadas, mesmo com ofertas de juros baixos e condições atrativas;
  • Conhecer bem as diretrizes e manuais da franquia, pois neles constam informações e orientações sobre fornecedores, históricos de desempenho financeiro do mercado e mais informações úteis;
  • Atualizar-se sobre o mercado, mesmo tendo os dados oferecidos pelo franqueador. Seu sucesso depende diretamente do seu empenho. Pesquisar pode ajudar a descobrir e desenvolver soluções alternativas e econômicas.

Controlar seu desempenho

O controle dos resultados também é uma etapa que pode colaborar muito com a gestão econômica da sua franquia. É importante que o franqueado possua total conhecimento de todas as etapas, processos e especialmente os resultados e metas que conduzirão o seu negócio.

Algumas medidas práticas que você pode tomar para manter o controle total sobre seus recursos financeiros e evitar desperdícios são:

Mensurar todos os resultados

Acompanhando, comparando e analisando seu histórico de desempenho, será possível saber exatamente qual o rumo que sua franquia está tomando, além de checar se os retornos sobre os investimentos estão proporcionais ou se precisam ser diminuídos ou realocados. Estabelecer metas sempre de forma clara e objetiva

Estabelecer metas certificando-se de que toda a equipe as conhece e está desempenhando seu papel para realiza-la de forma sustentável. Lembre-se que metas de vendas, de gastos e de economia de recursos devem ser de conhecimento de todos.

Buscar superação constante

Buscar se superar é importante para evitar que sua franquia e seus colaboradores fiquem acomodados a uma realidade estável. Incentive sempre o surgimento de ideias inovadoras, especialmente as que agreguem na sustentabilidade econômico-financeira.

Conclusão

O mercado de franquias é um ramo muito promissor para empreendedores brasileiros e, em 2018, mesmo diante de algumas instabilidades e incertezas econômicas e políticas no país, há expectativas positivas sobre o desempenho do setor.

Para quem deseja iniciar seu projeto de independência profissional, é preciso ter certeza sobre seu perfil empreendedor, se identificar com a responsabilidade de gestor, ter curiosidade para descobrir oportunidades e motivação empreendedora para torna-la real.

Além disso, após a decisão de abertura de sua franquia, é preciso manter a atenção em todas as etapas e empenhar-se em cada uma delas para tornar seu investimento verdadeiramente rentável e bem-sucedido.

Pensando estrategicamente em como montar uma franquia, é possível implantar medidas de economia nas etapas de planejamento, organização, direção e controle e concretizar a abertura e gestão econômica da sua franquia, priorizando o desenvolvimento e sucesso financeiro.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade