Franquias: 5 dicas essenciais para fechar negócio e não errar na escolha

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 8 de junho de 2015  |  Atualizado em 24 de abril de 2018

dicas-para-fechar-negocioO momento de fechar negócio é crucial para que seu empreendimento seja bem sucedido. Se você tem uma ótima ideia ou ótimos produtos, não será válido se você não conseguir transmitir os valores e qualidades durante a negociação. Além disso, em uma negociação é fundamental que você tenha seus objetivos muito claros, tanto para quem vai vender um serviço, comprar ou firmar um contrato. Afinal, no momento do contrato, você precisa tomar muito cuidado com os termos de compromisso para saber se todos os itens estão de acordo com os seus objetivos.

Isso também é valido para quem está buscando abrir uma franquia. Na hora da negociação, é fundamental estar atento a todos os detalhes, saber quanto terá de investir, em quanto tempo deve receber o valor investido, em quanto tempo pode obter lucro, quais as obrigações e responsabilidades como franqueado, quais as obrigações que o franqueador terá para te auxiliar, entre muitas outras coisas. Por isso, separamos 5 dicas essenciais para você fechar um bom negócio. Confira!

1. Esteja preparado

Essa dica vale para tudo na vida. No caso de assinar um contrato, contratar um serviço, entre outras coisas, você deve ir para a negociação entendendo do assunto. Se for fechar uma franquia, é importante saber muito sobre o funcionamento desse modelo de negócio para saber se a rede escolhida trabalha dentro das leis, oferece os melhores serviços e te proporciona bons benefícios. Nesse momento, também é importante que você deixe claro ao franqueador quais são os seus objetivos, para saber se estão alinhados aos deles, se o negócio trará benefícios para ambas as partes.

2. Analise cada possibilidade de negócio com muito cuidado

É fundamental conhecer muito bem a empresa com a qual você pretende negociar, saber a forma como ela trabalha, há quanto tempo está no mercado, o histórico de crescimento, perfil, entre outras coisas. Para quem busca entrar em uma rede de franquias, é importante saber muito bem o funcionamento de cada uma das escolhidas para negociação, saber quais se adequam melhor ao seu perfil e gosto pessoal.

3. Não comece pelo preço

Apesar de o valor ser fundamental em uma negociação, é mais interessante que os envolvidos conversem sobre o modelo de negócio, exponham seus ideais e objetivos, alinhem as propostas para então chegar a um valor que possa ser acordado entre ambas as partes.

4. Não escolha por ser a mais barata

Como dissemos anteriormente, o valor é fundamental em uma negociação, mas nem sempre escolher o mais barato é uma boa ideia. É importante optar pelo negócio que lhe dê o melhor custo benefício, o que não significa necessariamente ser o mais barato. Como dizem, às vezes o barato sai caro. Por isso, é fundamental que a conversa durante a negociação seja esclarecedora para ambas as partes, pois assim será possível escolher a opção que esteja mais alinhada com os seus objetivos e valores.

5. Respeite a negociação

Independente do serviço ou tipo de negócio que será fechado, é muito importante respeitar a dinâmica do mercado, não tentar obter vantagens à custa de outras pessoas, deixar as regras claras e objetivas no momento da negociação e sempre contribuir para ter um mercado qualificado e oferecendo melhores serviços. Afinal, com melhor qualidade nos serviços, todos saem ganhando. Respeite as regras da negociação, sempre.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade