5 sinais de que uma franquia virtual pode não ser para você

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 15 de julho de 2014  |  Atualizado em 3 de abril de 2018

franquia virtualCom o crescimento anual do setor do franchising no Brasil, muitos tipos inovadores de franquias vêm surgindo. Entre as novidades em franquias estão as virtuais ou franquias online – que costumam atrair os empreendedores pelo seu baixo custo inicial.

Atualmente já é possível se decidir entre as mais variadas áreas de atuação. Há franquias virtuais de ofertas e avaliações de produtos, marketing digital para portais de e-commerce, criação de websites e lojas online, consultoria em recursos humanos, entre outros serviços.

Além disso, o comércio eletrônico também vem se destacando no cenário econômico, tornando o segmento de franquia virtual bem atraente. De acordo com a consultoria especializada em e-commerce, E-bit, as transações comerciais pela web cresceram cerca 28% em 2013, no comparativo com o ano anterior.

Porém, nem sempre a franquia virtual é o negócio ideal para quem pretende entrar no segmento do franchising. Apesar das vantagens e dos dados animadores, o empreendedor precisa ter um perfil que adequado para ter uma franquia virtual, assim como acontece com todos os outros tipos de franquias.

Para ajudar, confira 5 sinais de que você pode NÃO ter o perfil de um franqueado virtual.

Uma franquia virtual não será um bom negócio se você…

1. Não gostar de tecnologia

Por mais que a rede franqueadora dê suporte aos franqueados  é preciso simpatizar e se interessar pela evolução tecnologia no meio digital. Sem ter afinidade com tecnologia, dificilmente o empreendedor terá sucesso, podendo correr sérios riscos de arcar com prejuízos em virtude da falta de familiaridade com o funcionamento do negócio e suas atualizações tecnológicas – que provavelmente, serão constantes.

É necessário, no mínimo, dominar a informática e o meio digital como um usuário avançado.

2. Ter receio de mudanças

Nenhum empreendedor pode ter medo de mudanças e avanços, mas no caso de franquias online, é praticamente impossível ter êxito nos negócios. O universo da tecnologia e da informação digital avança a cada dia, portanto, é preciso ter também pré-disposição e dinamismo para se adequar a essas rápidas e constantes mudanças.

3. Priorizar o contato pessoal com os clientes

Obviamente, se você procura ficar frente a frente com o seu consumidor para fidelizar, as franquias virtuais não são realmente um bom negócio. O mesmo vale para empreendedores que gostam de contar com grandes equipes de funcionários, pois uma franquia virtual tende a depender de menos colaboradores do que as tradicionais – pelo menos no início.

4. Não ser extremamente organizado

Todo empreendedor deve ter organização. Porém, quando se trata de negócios virtuais, essa característica se faz ainda mais necessária – já que lojas físicas, por exemplo, são mais simples de organizar.

Muitos documentos poderão não ser impressos em papel – assim, se falta organização, o risco de perder essas informações pode ser grande.

5. Não ter visão de empreendedorismo digital

O marketing de uma franquia virtual é diferente do sistema usado nas redes convencionais. O empreendedor digital deve conhecer ou, ao menos, ter interesse e gostar das ferramentas de marketing digital.

Anúncios, banner, blogs, perfis em redes sociais são alguns dos instrumentos usados para divulgar produtos ou serviços de um negócio virtual.

Dica valiosa

Caso as franquias online não sejam o melhor negócio para você, saiba que outros segmentos do franchising também podem necessitar de baixo custo inicial e outras facilidades, como por exemplo as franquias de alimentação de baixo investimento.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade