Franquias de quiosques em shoppings: vantagens e desvantagens desta nova forma de empreender

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 12 de janeiro de 2015  |  Atualizado em 22 de março de 2018

franquias-de-quiosques-em-shoppingsOs mais jovens talvez não saibam, mas houve um tempo em que era raro encontrar quiosques disputando espaços com as pessoas nos corredores dos shopping centers. A profusão destas pequenas lojas é um fenômeno relativamente recente, de não mais do que duas décadas, mas a tendência é que não pare de crescer. Por isso, mais e mais redes de franquias estão apostando no formato.

É o caso da recém lançada 100RSDN (pronuncia-se “sem risadinha”, uma forma de comemorar gols que já foi reproduzida até por Neymar). Trata-se de uma loja de moda esportiva lançada pelos ex-jogadores Denílson, Nenê e Falcão, este último, o craque das quadras de futsal. A rede escolheu o formato de quiosque para fortalecer a marca durante a fase de maturação. “É o formato ideal para uma visibilidade mais próxima e calorosa”, explica a página oficial.

Algumas características e valores envolvidos ressaltam as diferenças entre os formatos loja e quiosques. Enquanto o primeiro exige investimento entre R$ 450 mil e R$ 600 mil (para uma unidade de cerca de 60 metros quadrados), o segundo fica entre R$ 100 a R$ 150. O prazo de retorno também é menor, 24 contra 36 meses.

A necessidade de investimento e de um espaço de menores dimensões, e o prazo de retorno mais curto são apenas algumas das vantagens das franquias de quiosque. Em geral, o formato dispensa também o pagamento de luvas, valor (geralmente elevado) pago ao atual dono do ponto.

Começar em um local que, supostamente, tenha um grande volume de circulação de pessoas é outra vantagem. E ainda tem o fator segurança: naturalmente, seus bens estarão mais protegidos dentro de um shopping center do que em uma loja de rua, por exemplo. Vale o mesmo para você e para os seus funcionários.

Algumas desvantagens

É claro que existem alguns fatores que pesam contra o formato de quiosque. O primeiro deles é o potencial de faturamento. A oferta da 100RSDN ressalta esta diferença: enquanto uma loja prevê um faturamento na casa dos R$ 240 mil mensais, a sua versão compacta não passa dos R$ 40 mil mensais.

A localização pode ser uma vantagem, mas também pode jogar contra o futuro franqueador. Em primeiro lugar, espaços em shopping são cada vez mais concorridos e, consequentemente, mais caros. O valor do aluguel costuma ser bastante superior ao de lojas instaladas em ruas. E, se não há pagamento de luvas, alguns shoppings têm a prática de cobrar um percentual sobre as vendas – além daquele que você já pagará ao franqueador.

E não pense que você ficará dispensado da atenção na escolha do ponto mais adequado. Pode ser um tiro no pé se o seu quiosque for jogado para um daqueles corredores com pouca circulação.

Muitas opções

Apesar das desvantagens citadas acima, é consenso que o formato de quiosque é uma boa maneira de se ingressar no mercado de franchising. Há opções em praticamente todos os segmentos, inclusive em alguns considerados promissores para 2015, como moda, alimentação, saúde e beleza. Algumas redes oferecem franquias de quiosques em shoppings por investimentos a partir de R$ 12 mil.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade