Como investir em franquia sem sair do seu emprego?

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 28 de julho de 2015  |  Atualizado em 19 de março de 2018

investir-em-franquiaEm busca do sucesso, muitas pessoas buscam por investimentos alternativos para conseguir alavancar suas finanças. Com isto, investir em franquia acaba sendo uma das opções mais buscadas.

Embora seja uma boa alternativa, esta opção também traz consigo uma grande dúvida: É possível abrir a própria franquia e continuar empregado em outra empresa?

Como diz o antigo ditado: “o olho do dono é que engorda o gado”. E, por mais popular e rústica que pareça esta afirmação, no franchising não é muito diferente. Para dar certo, uma franquia precisa mesmo de dedicação e foco do franqueado.

É importante saber que a grande maioria das franquias exigem dedicação e participação do franqueado, e que infringir esta regra, sem acordo prévio, pode gerar problemas futuros, já que isto significará uma transgressão no acordo e nos padrões operacionais.

Por outro lado, se você tem este sonho, não se desespere, pois há modelos de franquia que não estabelecem uma regra geral quanto a isto e aceitam novos franqueados nesta posição, o que significa que pensar em investir em franquia sem dedicação de tempo integral também é uma missão possível.

Como investir em franquia sem pedir demissão do seu emprego?

Como há esta possibilidade de investimento paralelamente com outra atividade, antes de se aventurar é importante estar atento aos fatores positivos e negativos de trabalhar desta forma. Se você estuda seriamente esta possibilidade, fique atento às seguintes recomendações:

Avalie seus planos e ambições profissionais no emprego atual

Antes de dar este grande passo de investir em franquia, deixe bem claro para si quais são seus planos profissionais a médio e longo prazo. Avalie seu plano de desenvolvimento e crescimento na empresa atual e quais são suas expectativas de progresso com a abertura da franquia.

Pesquise sobre o mercado no qual quer abrir uma franquia

Mesmo sendo mais seguras do que empresas abertas a partir do zero, as franquias ainda assim contam com possíveis riscos. Por isto, não deixe de dedicar tempo para entender um pouco mais do mercado no qual irá entrar.

Consulte as regras da franquia e seja transparente com o franqueador

Avaliados os riscos e selecionada a franquia, você precisará participar das capacitações e treinamentos fornecidos pelo franqueador, o que te colocará em contato direto com ele. Logo, aproveite este momento para ser transparente sobre sua intenção e assim se certificar de que a rede aceita trabalhar desta forma.

Atenção às tarefas de gestão que irá terceirizar

Normalmente, quem pretende abrir uma franquia, mesmo sem ter tempo para se dedicar integralmente, terá que terceirizar muitas tarefas, inclusive de gestão. Apesar disto ser possível, tome cuidado para selecionar pessoas verdadeiramente de confiança e nunca abra mão do controle total sobre a sua franquia.

Reavalie periodicamente seu nível de dedicação

Mesmo ajustadas todas as etapas anteriores, não se esqueça de que com o tempo a carga de trabalho, tanto no seu emprego, quanto na sua franquia, tende a aumentar. Por isto, avalie periodicamente sua dedicação a ambas as atividades e seja muito crítico para definir se o tempo empregado em cada uma delas é realmente suficiente.

Uma importante dica para o sucesso é que, mesmo sendo bem sucedido em ambas as atividades, você precisará avaliar além dos resultados numéricos. Comece a observar qual das atividades você desempenha com maior prazer, pois, caso chegue a hora em que tenha que optar definitivamente por uma delas, este parâmetro sempre será o melhor critério de desempate.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade