Em vias de adquirir uma franquia? Saiba como se preparar para liderar e fazer frente aos desafios da gestão

Rafael MarinhoPor Rafael Marinho   |Comprar Franquia
Diretor de Marketing na MDS Franchising

Publicado em 23 de abril de 2014  |  Atualizado em 19 de março de 2018

desafios-da-gestaoÉ comum ao empresário franqueado, durante a gestão do dia-a-dia de sua unidade franqueada, se deparar com pequenos desafios. Nestas horas, estar preparado para liderar e fazer frente aos desafios da gestão e, assim construir soluções é essencial.

Boa parte destas soluções já chegam prontas, pré formatadas, resultado do conhecimento que ele adquiriu do franqueador. Mas, é importante lembrar que devido a particularidades de seu mercado de atuação, ou a mudanças na conjuntura econômica, o franqueado pode se ver diante de novos desafios, que obviamente, precisam de novas soluções.

Nesses momentos, ele deve estar preparado para liderar e fazer frente aos desafios da gestão, muitas vezes, novos e imprevisíveis.

Todos nós quando montamos uma empresa queremos ter a melhor equipe, formada por pessoas que trabalhem unidas, para fazer de nossa empresa uma empresa vencedora.

E, diante de cada negócio, estaremos a todo o tempo assumindo compromissos com os nossos clientes. No sistema de franquias, os franqueadores dividem esses compromissos com seus franqueados, em diferentes mercados.

Dessa forma, compartilham o poder, o mercado, o atendimento, a gestão e as responsabilidades. Porém, a marca e a metodologia de trabalho pertencem aos franqueadores.

Mesmo tendo adquirido uma franquia, o franqueado precisa saber que corre riscos, como em todo e qualquer negócio. No franchising, a “proteção” que a princípio ele conquistou é, principalmente, pelo fato de ter acesso a marca e métodos profissionais de gestão.

Por outro lado, o franqueador também corre seus riscos. Investiu recursos financeiros para proporcionar à rede um bom atendimento, especialmente através da manualização de conhecimentos e treinamentos, com o objetivo de preparar o franqueado para fazer frente às necessidades operacionais de sua unidade.

Só que isto não basta, espera ele que cada franqueado assuma as responsabilidades que são inerentes ao negócio e que se dedique integralmente à franquia.

Implantar uma franquia exige credibilidade de quem está à frente. Esta credibilidade virá ou crescerá à medida em que o franqueado se envolve com a administração e operação comercial, alinhado com as estratégias da rede.

Não temos a menor dúvida de que na unidade franqueada o líder do negócio é o franqueado. Mas não é a sua capacidade de investir na franquia que o faz líder, mas sim a capacidade de estar presente à frente do negócio, de trabalhar, de ouvir e servir.

Não existem franquias iguais. É a dedicação e competência do franqueado, aliado à qualidade da franquia, que fazem o sucesso de uma marca.

Os candidatos a uma franquia, muitas vezes, preocupam-se somente com os investimentos financeiros imediatos, porém, muito antes da decisão de compra é preciso também investigar:

  • Quais são as reais perspectivas de crescimento na localidade?
  • Será que os produtos e/ou serviços terão valores facilmente perceptíveis pelos clientes?
  • A estratégia de lançamento da marca na localidade está prevista nos investimentos iniciais?

Afinal, um negócio novo em uma nova localidade precisa causar um certo impacto inicial; alavancar as vendas e tornar o negócio – de início, competitivo.

Cada “pacote de franquia” traz em seu interior o conhecimento e experiência do franqueador, mas há um item importante que não faz parte deste “pacote”, pois é inerente a cada pessoa: trata-se da disciplina, que somada ao comprometimento e amor ao negócio, constituem os ingredientes essenciais para promover o crescimento conjunto das empresas numa rede de franquias.

O que achou do artigo? Comente no espaço reservado abaixo, sua opinião é muito importante para nós!

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade