Vale à pena investir em franquias em cidades pequenas?

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Comprar Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 19 de fevereiro de 2015  |  Atualizado em 2 de agosto de 2018

franquias-em-cidades-pequenasO Brasil é a terra dos empreendedores e o surgimento de negócios bate recordes dia após dia. Apesar da quantidade de oportunidades serem muitas, a concorrência também não para de crescer.

No mercado de franquias, especificamente, de acordo com uma pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira do Franchising), a maior disputa ocorre nas grandes capitais. 75% das marcas associadas à ABF estão presentes nelas.

Enquanto as principais cidades estão sobrecarregadas de concorrente, o interior cresce forte. Atualmente, o consumo em cidades pequenas corresponde a 38% do total do consumido no país, arrecadando mais de R$ 827 bilhões anualmente.

Por conta disto, o novo cenário para desenvolvimento do franchising é o interior. Abrir franquias em cidades pequenas, com média de 30 mil habitantes, é a melhor oportunidade de ser pioneiro e conquistar um mercado em desenvolvimento e lucrativo.

De acordo com especialistas como o gerente de Expansão do Grupo Multi, Murilo Hartman, “As principais vantagens em ter uma franquia em uma cidade pequena é o baixo investimento e retorno rápido”.

Além disto, há pelo menos mais cinco razões que comprovam porque vale a pena investir em franquias no interior. Confira, entenda e planeje seu investimento:

Investimentos reduzidos

Cidades do interior tendem a possuir custos menores de aluguéis, reduções nas despesas de contratação e em diversas outras taxas. Desta forma, os investimentos são menores quando comparados aos valores utilizados em grandes cidades, especialmente nas grandes capitais.

Interesse dos franqueadores

Com o volume de arrecadação crescente nas cidades do interior, muitas franquias estão as incluindo em seus planos de expansão. Pensando em driblar custos operacionais, as franquias estão adaptando o tamanho e formato dos seus negócios para atender a fatia da população presente nestes locais.

Outra novidade, a construção de mais shoppings centers em cidades menores, reforça a presença de um espaço valioso para promover marcas, produtos, serviços e também se apresentar aos clientes.

Exclusividade territorial

Normalmente as franquias determinam limites geográficos entre as suas próprias filiais, para assim impedir que ocorra o “canibalismo” da própria marca. Diante da redução dos limites geográficos, os pioneiros tendem a se tornar os líderes da localidade.

Desenvolvimento do interior

Com o inchaço comercial nas metrópoles e também devido ao custo elevado de todas as etapas envolvidas por lá, empresas de diversos segmentos, e até mesmo profissionais capacitados, também estão migrando para o interior. Por isto, estas cidades não param de crescer.

Força da marca

Preferindo acompanhar este movimento de migração de negócios e mão de obra, decidindo investir nas franquias em cidades pequenas, outra vantagem competitiva é o fato de que, na maioria dos casos, a forma da marca ajudará mais ainda nos resultados.

Contar com a ajuda da força do nome de uma franquia, ter a certeza de que seus clientes já conhecem o seu produto ou serviço e, além disto, receber o know-how adequado é uma reunião poderosa de fatores estratégicos que ajudarão no retorno mais rápido de todo o capital investido.

Com tantas razões positivas e pesquisas que comprovam o desenvolvimento e a ascensão do mercado em cidades pequenas, está comprovado que investir nestes lugares é promissor. Só é preciso estudar bem o potencial do mercado, as taxas a serem pagas, o valor a ser investido e conhecer a viabilidade operacional do negócio.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade