Franqueador: 5 sinais de que seu site está fadado ao fracasso

Redator MDS FranchisingPor Redator MDS Franchising   |Vender Franquia
Equipe Editorial MaisFranquia.com

Publicado em 13 de novembro de 2014  |  Atualizado em 9 de março de 2018

seu-siteSomente no Brasil, de acordo com o último levantamento do IBGE, realizado em 2016, o número de internautas superou a marca de 116 milhões. Isso é o equivalente a nada mais, nada menos do que 64,7% da população com idade acima de 10 anos. Dados como estes comprovam que investir em sites na internet é obrigatório para as empresas.

Mesmo assim, só criar um website não é o bastante. Seu site precisa ser verdadeiramente atraente para conquistar seu público e alcançar melhores resultados.

Especialmente no caso de franquias, o franqueador que mantém sua marca viva e pulsante consegue atrair novos franqueados através de informações de qualidade sobre o seu negócio.

Embora acessar a internet seja um costume diário, gerenciar sites ainda é um grande mistério para muitos franqueadores. Por isto, confira agora sinais de que seu site está fadado ao fracasso.

5 sinais de que seu site está fadado ao fracasso

1. Queda constante no número de visitas

Ao analisar os relatórios do seu site, você percebe que a quantidade de visitantes começou a cair. Este é um dos primeiros sinais de que algo não vai bem. Comece a prestar atenção a partir de quando começou este movimento e não se apavore. Embora seja um mau sinal, ainda é possível tornar o mau desempenho do seu site em oportunidade.

Como conquistar visitantes?

Revise a arquitetura do seu site, verifique se os usuários estão com dificuldade em acessá-lo e se ele demora para carregar. Pode ser preciso mudar seu layout e dar uma modernizada em seu sistema.

Periodicamente: é necessário investir em mudanças no seu site para evitar que ele fique obsoleto diante das novas tecnologias. Consulte páginas de concorrentes e pesquise um pouco sobre SEO – Otimização para Mecanismos de Busca -, pois algumas estratégias simples podem fazer muita diferença.

2. Baixa conversão

Mesmo conseguindo uma quantidade alta de acessos, você não pode esquecer que seu site não é apenas uma vitrine. Além de exibir sua empresa online, ele precisa gerar resultados.

No caso de franquias, este resultado pode ser medido através da quantidade de formulários preenchidos, assinaturas de newsletters ou outros resultados que sua franquia estiver buscando no momento.

Se os clientes acessam o seu site, mas não são estimulados a realizar nenhuma ação que gere retorno para sua franquia, isto também precisa ser corrigido rapidamente.

Como converter mais em meu site?

Após definir qual seu objetivo de conversão (assinaturas, cadastros, vendas, etc), crie “calls-to-action”, chamadas para ação que estimule a interação do visitante com seu site.

Priorizar informações importantes no seu site, destacar botões e links direcionando a áreas de formulários são algumas das formas de estimular a conversão.

A criação de Landing Pages páginas de destino especialmente configuradas para promover conteúdo e assim estimular o visitante a realizar uma ação específica, é também uma excelente alternativas para reverter este mau desempenho.

3. Ausência de design responsivo

A quantidade de acessos por dispositivos móveis como tablets e smartphones cresce a cada dia, por isto, é fundamental investir na acessibilidade do seu site, ou seja, é preciso torná-lo responsivo.

O site da sua franquia deve ser de fácil visualização em qualquer dispositivo. Mesmo que seu relatório de desempenho apresente poucos acessos por celulares, é preciso se adequar às tendências.

Como investir em um site responsivo?

O primeiro passo é procurar um agência digital ou webdesigner experiente, capaz de desenvolver este projeto, mas caso esta solução esteja acima do orçamento da sua franquia, não se desespere, há diversas plataformas que oferecem este serviço mais em conta, como por exemplo, o próprio MaisFranquia.com na Landing Page exclusiva do Plano Enterprise, veja aqui o modelo.

Antes de escolher, prefira uma que ofereça adaptação responsiva para dispositivos móveis e teste-a diversas vezes antes de divulgar o endereço do seu site, afinal de contas, é preciso garantir que este investimento facilitará a localização da sua empresa por potenciais clientes e franqueados.

4. Alta taxa de rejeição

Muitas vezes crescem os números de acesso, mas a taxa de rejeição acompanha na mesma velocidade. Isto é um péssimo sinal. Uma rejeição alta significa que os clientes conseguem localizar o seu site, mas ao entrarem na sua página vão embora sem interagir nem clicar em nenhum link.

Não deixe que o cliente vá embora decepcionado, isto pode afundar o site da sua franquia. Faça com que ele permaneça o máximo de tempo possível e interaja com sua marca, pois esta interação está diretamente ligada aos resultados.

Como reduzir a taxa de rejeição do meu site?

Para exterminar esta taxa em seu site, verifique constantemente o design, a tecnologia e a usabilidade para checar se a rejeição não é por causa de dificuldades técnicas.

Checadas estas possibilidades, verifique no relatório de dados sobre o seu site qual a principal porta de entrada que o cliente utiliza. Como solução, comece aperfeiçoando esta página, para torná-la mais agradável.

Não deixe de manter seu site atualizado e de “linkar” as informações internamente, para que, havendo interesse em saber mais a respeito sobre determinado assunto ele consiga achar mais informações ainda no seu site, permanecendo nele por mais tempo e encontrando o que realmente esperava, sem frustrações.

5. Pouco conteúdo / Conteúdo de baixa qualidade

Um site com informações desatualizadas ou com conteúdo de baixa qualidade tende a ser facilmente rejeitado pelos visitantes. Muitas franquias erram ao omitir informações sobre o seu negócio e/ou ao manter no site dados desatualizados. Produzir conteúdo de forma a compartilhar o conhecimento em gestão e operação do negócio que você e sua equipe adquiriram ao longo do período de existência da empresa permitirá à sua empresa capacitar, transmitir confiança e, assim, ganhar o interesse e reconhecimento do público.  

Conteúdo é, atualmente, a palavra que guia as relações das empresas com seus clientes e prospects na internet. Como diria Bill Gates, “Conteúdo é Rei” e, para produzir conteúdo que de fato alavanque a presença web da sua franquia, é primordial investir em Marketing de Conteúdo.

Mas afinal, o que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de Conteúdo é qualquer forma de marketing que envolva a criação e compartilhamento de conteúdo relevante e valioso para envolver e gerar valor para as pessoas.

Como utilizar o Marketing de Conteúdo para salvar o meu site?

O Marketing de Conteúdo pode ajudar a salvar seu site à medida que fornece ao visitante aquilo que ele procura, ou seja, o muni de conhecimento e informação que o ajudarão de alguma forma e, de quebra, sua empresa ganha notoriedade e reconhecimento.

A melhor forma de divulgar este conteúdo é através da criação de um Blog, onde sua empresa conseguirá expô-lo de forma dinâmica e interativa. No caso de redes de franquias, vale ainda pensar em estratégias e canais de Marketing de Conteúdo que englobem os dois negócios, o seu original e o seu negócio franquia.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade