Quer ter somente franqueados de sucesso em sua rede? Saiba que, para isso, é preciso saber “escolhê-los”

Silvio CostaPor Silvio Costa   |Vender Franquia
Consultor de Franquias

Publicado em 25 de março de 2015  |  Atualizado em 23 de março de 2018

franqueados-de-sucessoNos processos de expansão das redes de franquias, o grande desafio é a seleção de franqueados aptos a se tornarem franqueados de sucesso. Hoje, nos processos de avaliação, buscam-se responder muito mais questões sobre quais seriam as características essenciais e as desejáveis desse franqueado.

Lembre-se que a responsabilidade pelo sucesso numa rede de franquias é compartilhada em 50% pelo franqueador e 50% pelo franqueado. O primeiro sendo responsável por toda a gestão e o planejamento estratégico da rede e o segundo pela sua execução com excelência no ponto de vendas.

Portanto, realizar um bom processo de avaliação de candidatos é fundamental para alinhar expectativas, e assim seguir crescendo em sinergia.

O franchising é um negócio onde pessoas investem suas economias e seu tempo em oportunidades de negócios, esperando alcançar suas metas financeiras e, também, suas aspirações pessoais. Contudo, por estarmos inseridos em uma dinâmica de mercado de muita concorrência e pressão por eficiência e resultados, muitas vezes esquecemos que existe uma dimensão humana que não poderia ser esquecida.

Por isso é tão importante o entendimento do empresário que, ao optar pelo franchising, terá nas mãos um novo negócio, ou melhor, um segundo negócio, a ser administrado e conduzido com focos diferentes daquele que só enxergava números, processos e etc. Terá agora que gerir, também, empresários com suas emoções, percepções, perspectivas, valores e expectativas.

Ou seja, além de continuar com seus desafios como empresário, assumirá outros como franqueador.

Dessa forma, recomenda-se ter uma estrutura como franqueador completamente independente da estrutura do seu negócio inicial. Assim, poderá ser dada a atenção necessária ao seu novo negócio, de maneira que os anseios sejam compartilhados e atendidos por ambas as partes.

Agora, além de selecionar o melhor candidato e administrar separadamente suas atividades como franqueador, é imperativo que sua administração atenda aos pré-requisitos básicos de um bom franqueador, que são: suportar essa rede de franquias, treinar seus colaboradores, transferir seu know-how e agir com transparência.

Saber que suas decisões serão questionadas e que seus pontos de vista deverão ser defendidos com habilidade perante a rede. Entender que os questionamentos virão de empresários que, também, possuem suas experiências e perspectivas diante os cenários que se apresentam e que deverão ser levados em consideração.

Considerar grupos de trabalhos e conselhos de franqueados podem ser uma boa maneira de defender seus pontos e, também, aprender com seus franqueados. Aproveite a criatividade de seus franqueados e aja com responsabilidade. Eles podem ter muito a lhe ensinar.

Note que a relação entre franqueador e seus franqueados não é igual à de gerentes subordinados, e sim de empresários independentes que desejam obter sucesso em suas operações.

Contudo, aproveite esse entusiasmo e desejo de vitória que cada franqueado tem e transforme isso em operações eficientes e lucrativas. Você deve municiar seus franqueados de informações relevantes para que possam enfrentar concorrentes ávidos por lhes roubar sua fatia de mercado.

Inunde sua rede com franqueados de sucesso e sua operação crescerá numa velocidade jamais possível de outra maneira.

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade