Atendimento aos candidatos a franqueados e relacionamento com atuais – Como e quando fazer

Rafael MarinhoPor Rafael Marinho   |Vender Franquia
Diretor de Marketing na MDS Franchising

Publicado em 14 de outubro de 2014  |  Atualizado em 2 de março de 2018

atendimento-aos-candidatos-a-franqueadosO delicado momento de atendimento aos candidatos a franqueados a uma franquia muitas vezes deixa o franqueador recém chegado ao sistema, cheio de dúvidas, do tipo: Será que a franquia foi bem apresentada? O conceito de negócio foi corretamente entendido? Ou ainda, se o empreendedor comparar minha franquia com as marcas concorrentes no mercado, em termos de qualidade, que nota ele dará ao negócio? Isso ocorre, principalmente se não foi feito um plano adequado de marketing, e se não foi elaborado bom material de divulgação e apresentação da franquia.

O trabalho de marketing utilizado pelo franqueador, em especial quando a franquia ainda é nova no mercado, tem um papel fundamental. Contudo, o franchising como estratégia de expansão, precisa ser desenvolvido pouco a pouco, ano a ano. Como bem diz Ram Charam: “o que conta é a conversão do aprendizado em prática”.

Isto faz com que o crescimento da franquia seja orgânico, aproveitando os recursos que tem, melhorando a produção e trabalhando o marketing. Desta forma, é vital separar uma verba para o desenvolvimento via franchising, e investir na imagem, na seriedade da marca, e no seu correto posicionamento de mercado.

Os candidatos deverão ser envolvidos e trabalhar, junto com o franqueador, nos procedimentos de concessão. Eles têm um “para casa” a fazer, pois se querem saber se a franquia trará ganhos, precisam estudar muito o projeto.

O momento é interessante: é a decisão do empreendedor pela franquia, e a decisão da franquia pelo empreendedor. Esta decisão se concretiza, na grande maioria das vezes, através da internet, quando o visitante acessa o hotsite da franquia e deixa seus dados de contato, gerando assim o lead.

A partir daí, caberá a sua empresa converter este lead em candidato a franqueado, conversão esta que ocorrerá a partir do momento em que o empreendedor apresente a sua Ficha de Pré-qualificação preenchida. Nesta ficha devem constar dados pessoais, profissionais, sócio-econômicos e, ainda experiências e referências. Porém, é muito provável que este empreendedor também deseje conhecer bem a franquia, sobretudo os diferenciais da marca.

Assim sendo, é preciso apresentar um pouco da história, dos princípios da rede, da experiência, fotos e dados da franquia, de uma forma bem elaborada e profissional e, o ideal é que esta apresentação ocorra antes mesmo que o empreendedor apresente a sua Ficha de Pré-qualificação. Isso ocorre pois é necessário elaborar estratégias que estimulem o empreendedor a se interessar pela franquia e que permitam a ele identificar e comprovar as qualidades específicas do negócio.

É importante lembrar aqui que o crescimento da franquia não está ligado somente ao trabalho de prospecção, é fundamental sobretudo o cuidado com quem já está na rede. A lei da franquia empresarial especifica que os franqueadores apresentem, na Circular de Oferta da Franquia, a relação completa dos atuais franqueados, e dos que deixaram a rede nos últimos doze meses. Isto, para que cada candidato a franqueado possa buscar, na fonte, as informações sobre o funcionamento da franquia. Momento importante para o candidato e para o franqueador, é o passado e o presente influenciando o futuro da franquia.

O crescimento da franquia passa, dessa forma, pela decisão inteligente do franqueador de cuidar da qualidade do suporte à rede. O relacionamento vai se tornando a cada dia um ativo muito precioso e isto passa a exigir que todos, dentro da rede, trabalhem para gerar experiências positivas.

O que achou do artigo? Deixe a sua opinião e/ou dúvida no espaço destinado aos comentários abaixo, que responderei com o maior prazer!

conteúdo em primeira mão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade